terça-feira, 12 de outubro de 2010

OS 08 BRINQUEDOS MAIS FAMOSOS E VENDIDOS

12 de outubro - Dia das Crianças!

E pra comemorar resolvi compartilhar uma matéria que ví sobre os brinquedos mais famosos e vendidos de meninos e meninas de todos os tempos. Afinal de contas relembrar é viver e com certeza cada um de nós temos uma criança viva dentro da gente.. Então vamos lá:

8- Autorama – 4 milhões



O brinquedo que virou até verbete no dicionário foi inventado em 1938 pelo norte-americano Albert Edward Cullen, que o batizou como Slot Car. O jogo de carrinhos chegou a ser importado para o Brasil depois de um grande sucesso no exterior, mas custava caro. Foi nos anos 60 que começou a fabricação 100% nacional, com peças de encaixar de plástico. Ficou tão popular no Brasil que, em 1973, rolou até um Campeonato Brasileiro de Autorama em São Paulo, Santos, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Salvador e Recife. Quase 7 mil competidores participaram do evento.

7- Chuquinhas – 6 milhões



Provavelmente a maioria das meninas teve uma boneca dessa nos anos 80 – talvez só não associe o brinquedo ao nome. Essas bonecas pequeninas com um fiapo de cabelo no alto da cabeça figuraram em várias brincadeiras de casinha por aí. A coleção atual traz vários acessórios como cadeirão, cavalinho, andador e triciclo.


6- Meu Bebê – 6,5 milhões



A clássica boneca careca de 63 centímetros já ativou o instinto materno de 6,5 milhões de meninas. Com vestidinho e cheirinho de talco, as novas versões da boneca agora disputam com as crianças para ver quem faz mais barulho – elas também falam e cantam.



5- Detetive – 8 milhões



Originalmente criado na Inglaterra, em 1949, o jogo Detetive chegou ao Brasil em 1977. O objetivo é simples: descobrir qual dos suspeitos, armas e aposentos estão envolvidos em um assassinato. Na versão mais atual, é preciso descobrir quem matou o milionário de uma pequena cidade do interior. O jogo virou até filme – “Os Sete Suspeitos”, comédia com 3 finais alternativos em que sete pessoas são suspeitas de matar o rico Sr. Pessoa (Mr. Body).

4- Jogo da Vida – 10,5 milhões



O jogo que faz você casar, ter filhos e virar médico é sucesso nas famílias desde 1985. Vendeu 2/3 menos que o primeiro lugar da lista, mas 10,5 milhões de vendas não é pouca coisa, não. O objetivo é ser bem sucedido financeiramente (ou, pelo menos, não falir!) e dá pra jogar com até mais 7 pessoas. Certeza que você já jogou pelo menos uma vez na vida, hein?

3- Fofolete – 12 milhões



As bonecas Fofolete eram tão pequenas que vinham numa embalagem parecida com caixa de fósforos ou dentro de um ovinho. Com várias cores e formatos, a grande graça do brinquedo era… ser pequeno e fofinho, presumimos. E baratinho. Fez sucesso: foram 12 milhões de peças vendidas e superou o super conhecido Jogo da Vida. Uma das versões mais novas da Fifolete é a sereia, em que a boneca vem dentro de uma concha que toca música quando abre.

2- Susi – 25 milhões



Lançada em 1966, a versão brasileira da Barbie fez sucesso entre as garotas daqui até os anos 80, quando deixou de ser fabricada. Para a alegria das meninas, que curtiam ficar trocando as roupas e fazendo a boneca desempenhar todas as profissões que quisessem, a Susi voltou nos anos 90. Hoje, a boneca está toda hypada e até ganhou uma versão comemorativa ligada a uma novela da TV Globo.

1- Banco Imobiliário – mais de 30 milhões



Criado em 1932 por Charles Darrow, um vendedor de sistemas de aquecimento desempregado da Pensilvânia, o Banco Imobiliário chegou ao mercado brasileiro em 1944. É o jogo de tabuleiro mais famoso do mundo (segundo o Guiness Book, cerca de 500 milhões de pessoas o haviam jogado até 1999). Já ganhou várias versões – a junior, a de luxo, a dos Simpsons, da Liga da Justiça, do Spider Man… A mais moderna é a do Super Banco Imobiliário, em que as cédulas de papel foram trocadas pelo pagamento com cartão. Além disso, os jogadores deixam de comprar as antigas empresas anônimas de navegação, aviação e ferroviária do original para adquirir ações de mentirinha da Vivo, Itaú, TAM Viagens, MasterCard, Nívea e Ipiranga, parceiras que na vida real ajudaram a subsidiar o investimento tecnológico necessário para criar o jogo.


Fonte: Superinteressante

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Topo da Página ↑